Pedras nos rins (Thorleifsson, 2009)

pedras

TÍTULO DO ESTUDO: Variantes de sequência no gene CLDN14 associadas a cálculos renais e densidade mineral óssea

RESUMO: O risco de desenvolver cálculos renais aumenta com uma variante genética do gene CLDN14.

DESCRIÇÃO: A pedra nos rins é uma doença comum em que se acumulam depósitos duros de minerais e sais – geralmente oxalato de cálcio. Poucas variantes genéticas que se correlacionam com o risco de uma pessoa desenvolver esta condição foram encontradas. Para descobrir esses fatores, este estudo examinou 46.283 indivíduos da Islândia e da Holanda. Este estudo identificou uma variante genética no gene CLDN14 que parece estar correlacionada com um risco aumentado de desenvolver esta condição. Esse gene é expresso na alça de Henle (parte do rim, onde a água e os sais são reabsorvidos no sangue) e parece ajudar no transporte de cálcio. Esta variante também foi associada aos níveis de cálcio na urina e redução da densidade mineral óssea.

VOCÊ SABIA? Beber muita água é uma das melhores maneiras de garantir que você não desenvolva essa doença renal. Outras medidas preventivas incluem reduzir o sódio e a carne vermelha em sua dieta e combinar alimentos ricos em cálcio com alimentos ricos em oxalato (como espinafre, amendoim, ruibarbo e chocolate). [ FONTE ]

RESULTADOS DE AMOSTRA: Saiba mais sobre o Nebula Research Library .

Relatório de amostra de cálculos renais.

VARIANTES ASSOCIADOS À PEDRAS DO RIM: rs219779

RECURSOS ADICIONAIS:
Visão geral das pedras nos rins
Oxalato de cálcio
Loop of Henle

ATUALIZAÇÃO SEMANAL: 23 de julho de 2019