Síndrome de Sjögren (Lessard, 2013)

close-up do olho da pessoa

TÍTULO DO ESTUDO: Variantes em múltiplos loci implicados nas respostas imunes inatas e adaptativas estão associadas à síndrome de Sjögren

RESUMO: Identificação de 7 regiões genômicas associadas ao risco de síndrome de Sjögren.

VISÃO GERAL: A síndrome de Sjögren é uma doença autoimune caracterizada por olhos e boca secos. Ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca por engano as glândulas, como aquelas que produzem saliva e lágrimas. Como resultado, essas glândulas ficam inflamadas e danificadas. Até 3 milhões de pessoas só nos Estados Unidos podem ser afetadas pela síndrome de Sjögren. Embora a condição possa afetar indivíduos de qualquer idade, é mais comumente diagnosticada em mulheres mais velhas. Para entender melhor a genética que pode predispor uma pessoa à doença, este estudo de associação do genoma examinou cerca de 8.400 indivíduos de ascendência europeia. O estudo encontrou 7 regiões do genoma associadas à suscetibilidade ao desenvolvimento da síndrome de Sjögren. Os genes localizados nessas regiões desempenham um papel no funcionamento do sistema imunológico, incluindo a produção de proteínas interferon promotoras de inflamação. Juntas, as variantes identificadas podem explicar uma grande proporção do risco hereditário para a doença.

VOCÊ SABIA? Como resultado da boca seca causada pela síndrome de Sjögren, os indivíduos afetados têm um risco aumentado de desenvolver cáries e perda de dentes. O atendimento odontológico regular é altamente recomendado para pessoas que vivem com a doença. Beber água, goma de mascar e outros métodos para estimular a produção de saliva também podem ajudar. [SOURCE]

RESULTADOS DE AMOSTRA: Saiba mais sobre o Nebula Research Library .

Resultados da amostra da síndrome de Sjögren

VARIANTES ASSOCIADAS À SÍNDROME DE SJÖGREN: rs9271588, rs3757387, rs10553577, rs485497, rs2736345, rs7119038, rs6579837

RECURSOS ADICIONAIS:
Síndrome de Sjögren (Vídeo)

ATUALIZAÇÃO SEMANAL: 5 de maio de 2020