Nefropatia membranosa (Xie, 2020)

modelo de rim humano

TÍTULO DO ESTUDO: A arquitetura genética da nefropatia membranosa e seu potencial para melhorar o diagnóstico não invasivo

RESUMO: Identificação de 4 regiões genômicas associadas à nefropatia membranosa, um autoimune doença dos rins.

VISÃO GERAL: Os rins são órgãos que removem os resíduos e o excesso de água do sangue, que eventualmente termina em urina. A nefropatia membranosa (NM) é uma autoimune doença que leva à insuficiência renal. Este estudo de associação do genoma tentou identificar variantes genéticas associadas a um risco aumentado de nefropatia membranosa. Ao examinar os dados genéticos de mais de 12.000 indivíduos de ancestrais do Leste Asiático e europeus, 4 regiões do genoma se correlacionaram com um risco aumentado de MN. Todas as variantes identificadas estão próximas de genes relacionados à função do sistema imunológico, ressaltando que a nefropatia membranosa é uma autoimune doença. Além disso, as variantes já foram associadas a doenças inflamatórias intestinais, outro autoimune doença.

VOCÊ SABIA? Os tratamentos para a nefropatia membranosa incluem medicamentos que fazem com que os pacientes urinem mais e uma dieta pobre em sal. Também são usados medicamentos que ajudam a manter o sistema imunológico sob controle. [SOURCE]

RESULTADOS DE AMOSTRA: Saiba mais sobre o Nebula Research Library .

resultados de amostras de netropatia membranosa

VARIANTES ASSOCIADOS MN: rs9271573, rs17831251, rs9405192, rs230540

RECURSOS ADICIONAIS:
Seus rins e como eles funcionam
Neuropatia membranosa (vídeo)

ATUALIZAÇÃO SEMANAL: 21 de abril de 2020