Transtorno por uso de cannabis (Johnson, 2020)

TÍTULO DO ESTUDO: Um estudo de associação de grande escala do genoma meta-análise do transtorno por uso de cannabis

RESUMO: Identificação de 2 regiões genômicas associadas ao transtorno por uso de cannabis.

VISÃO GERAL: Nos Estados Unidos, mais de 20 milhões de pessoas consomem cannabis todos os meses. Cerca de 1 em cada 10 usuários de cannabis se tornará dependente, levando a uma condição conhecida como transtorno por uso de cannabis. Os indivíduos afetados pelo transtorno do uso de cannabis podem desenvolver irritabilidade, problemas de memória e depressão. Estima-se que mais de 50% do risco de um indivíduo desenvolver transtorno por uso de cannabis pode ser explicado por fatores genéticos. Este estudo de associação de todo o genoma encontrou 2 regiões do genoma associadas ao transtorno por uso de cannabis após examinar dados genéticos de mais de 380.000 indivíduos de ancestrais europeus e africanos. Uma das variantes genéticas descobertas está localizada em um gene conhecido como FOXP2, que já foi demonstrado que desempenha um papel no desenvolvimento da fala e da linguagem. O estudo também encontrou uma associação positiva entre o risco de desenvolver transtorno por uso de cannabis e o risco de desenvolver TDAH, esquizofrenia e depressão.

VOCÊ SABIA? O uso de cannabis pode afetar muito a coordenação. Dirigir ou usar outras máquinas sob a influência de cannabis pode ser extremamente perigoso. Um estudo de 1990 descobriu que os funcionários com resultado positivo para cannabis em um teste de drogas antes do emprego eram propensos a 55% mais acidentes industriais e 85% mais lesões do que seus colegas de trabalho com resultado negativo. [SOURCE]

RESULTADOS DE AMOSTRA: Saiba mais sobre o Nebula Research Library .

resultados de amostra de transtorno por uso de cannabis

USE VARIANTES ASSOCIADOS À DISORDÂNCIA: rs7783012, rs4732724

RECURSOS ADICIONAIS:
Como funciona a erva daninha (vídeo)
Transtorno de uso de cannabis

VOCÊ TAMBÉM PODE ESTAR INTERESSADO EM:
Transtorno por uso de cannabis (Demontis, 2019)
Consumo de álcool pesado (Thompson, 2020)
Consumo de álcool (Evangelou, 2019)

ATUALIZAÇÃO SEMANAL: 1 de novembro de 2020